sábado, 20 de fevereiro de 2010

CADÊ A DROGA DO R$ 1,00?

Eu, Tu e Ele fomos comer no restaurante e no final a conta deu R$ 30,00.
Fizemos o seguinte: cada um deu dez reais...
Eu: R$ 10,00
Tu: R$ 10,00
Ele: R$ 10,00O

O garçom levou o dinheiro até o caixa e o dono do restaurante disse o seguinte:
- Esses três são clientes antigos do restaurante, então vou devolver R$ 5,00 para eles! E entregou ao garçom cinco notas de R$ 1,00.

O garçom, muito esperto, fez o seguinte: pegou R$ 2,00 para ele e deu R$ 1,00 para cada um de nós.No final ficou assim:

Eu: R$ 10,00 (-R$ 1,00 que foi devolvido) = R$ 9,00.
Tu: R$ 10,00 (-R$ 1,00 que foi devolvido) = R$ 9,00.
Ele: R$ 10,00 (-R$ 1,00 que foi devolvido) = R$ 9,00.

Logo, se cada um de nós gastou R$ 9,00, o que nós três gastamos juntos, foi R$ 27,00.E se o garçom pegou R$ 2,00 para ele, temos:

Nós: R$ 27,00
Garçom: R$ 2,00
TOTAL: R$ 29,00

Pergunta-se: onde foi parar a droga do outro R$1,00?

PS. Se você souber o paradeiro do mesmo me avise!
Retirado do Blog do Bira Veira.

2 comentários:

Anônimo disse...

no bolso do dono do bar,

ferdinando disse...

nesse caso não se pode subtrair um real de cada 10 reais colocado...o negocio é o seguinte a conta foi 25 reais e o garçom devolveu 3 reais (um para casa pessoa) e ficou com os outros dois..sendo assim quando soma os 25+3+2 da o total de 30 reais.

nao se pode calcular assim, apesar do raciocinio parecer certo nao se pode calcular pois desse jeito realmente estara faltando 1 real.