sábado, 28 de maio de 2011

Comentário pobre

Falando em pobreza, muitos estudiosos dizem que existem dois tipos de pobreza: a do bolso e a da cabeça. e afirmam que pobreza do bolso tem cura, que é o trabalho. Sendo assim a pobreza não é destino, não é sentença condenatória, é circunstância.

Já a pobreza da cabeça é diferente, essa pobreza não resulta apenas da falta de informações que a faça funcionar mais adequadamente às exigências do mercado. A pobreza na cabeça é um jeito de ser, de pensar e de agir. É mais difícil erradicá-la.

Só é pobre quem quer, existem os livros, modernidades eletrônicas, dos modismos de celulares, carros e computadores e etc. que podem mudar uma origem acanhada, sem muitos horizontes de berço, de pai e mãe, sendo assim um passaporte para todas as riquezas, e a primeira delas é o enriquecimento da cabeça, do modo de pensar, de falar e de entender as circunstâncias. 

Aproveite isso! Não faça um comentário anônimo e ameaçador como aparecem em vários blogs que acompanhamos nesse espaço virtual.

2 comentários:

Caubi Torres disse...

Amigo Éider.
Parabéns pelo blog
Aproveito e sugiro que cadastre seu blog no site TUDODEAPODI.COM clicando abaixo:
http://tudodeapodi.blogspot.com/2011/03/cadastro-de-blogs-de-apodi.html

Equipe TudodeApodi.com

Veja a lista dos blogs ja cadastrados aqui
http://tudodeapodi.blogspot.com/2011/04/blogs.html

Anônimo disse...

aqui temos em apodi a vergonha de termos pessoas com niveis ou nivel suprior e que se curvam,são bois que dão força a pessoas que são um desatre para o bem social,economico e politico de toda a sociedade,então isso é UMA VERGONHA.porque não dizer HOMENS MERCADORIAS POLIDAS.